Acesse o site do Professor Ronni Madeira

O que estamos observando atualmente, porém, é um pouco mais preocupante: algumas empresas estão deixando o site de lado e voltando suas atenções exclusivamente às páginas empresariais do Facebook, ou seja, fazendo dessas páginas seu próprio website.

É fato que diversas empresas utilizam o Facebook para alavancar as vendas. Contudo o site não deve ser substituído por uma página no Facebook.

Customização e controle do conteúdo
Por mais que sua empresa crie uma página com diversos elementos visuais e interativos, ela sempre continuará amarrada ao layout do Facebook, o que não é muito incomum, diga-se de passagem – sua empresa terá que adaptar todo o conteúdo novamente, o que gera custo e, no pior dos cenários, perda de performance da página.

 Controle sobre o próprio destino
Assim como nós recomendamos que sua empresa não utilize um endereço gratuito para hospedar o Blog, o mesmo vale para o Facebook. Como é um serviço de terceiros, pode mudar radicalmente as regras do jogo a qualquer .

Confiança
Nem todo mundo está no Facebook. Seja por não gostar de redes sociais, ou preferir outras como Google+, LinkedIn e Twitter, por exemplo.
Os conteúdos do Facebook podem ser comentados, marcados, etc. Fazendo com que seus conteúdos e informações, saiam do seu controle.

 Busca do Google (SEO)
A empresa não está aproveitando ao máximo a criação de um ativo: muitos dos links, notícias e compartilhamentos em redes sociais estarão “apontando” para o Facebook.

Todos os links ficarão com a seguinte estrutura: facebook.com/SuaEmpresa/app_837501216403795 (estranho, não?);
Problemas de indexação: em uma página no Facebook, todo o conteúdo que estaria dentro das páginas de um site comum ficam em abas. O conteúdo deles, por mais que esteja otimizado, não deve ser indexado pelos motores de busca. O resultado é que a empresa dificilmente terá acessos à página vindos do Google, por exemplo, o que é uma grande perda para qualquer empresa.

 Criação de Conteúdo
A criação de conteúdo (posts) no Facebook é muito limitada. Além do conteúdo ser de difícil indexação pelos motores de busca, não é possível, por exemplo, inserir imagens e reter visitantes com o uso de links internos.

Dificuldade de análise
O Facebook oferece uma solução de análise bastante limitada para as páginas. Os dados são bons para conhecer o perfil das pessoas que curtem a página da empresa e obter dados mais específicos sobre o desempenho da mesma, como o engajamento com fãs, origem dos likes, etc.

Por fim, deixemos claro que a página da sua empresa no Facebook é muito importante e merece cuidado especial. Nosso ponto é que ela deve, porém, ser tratada como uma parte da estratégia de Marketing Digital, onde o site é o agente principal que conecta todos os outros canais de relacionamento e comunicação com os clientes, bem como todas as ações de Marketing online da empresa.

Notícias 

  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show
  • VTEM Image Show